Para Todos os Garotos que Já Amei [Resenha]

O livro que abre a trilogia escrita por Jenny Han nos introduz à história de Lara Jean. O drama adolescente de Para Todos Os Garotos que Já Amei já fazia sucesso entre a comunidade de leitores. A fama e o meu interesse pelo livro só aumentou depois da adaptação da Netflix ser lançada.


Tanto o livro quanto o filme são iguais. A história é muito bem adaptada e é um amorzinho. O drama de Lara Jean dispensa comentários. As cartas que ela escreve para os garotos que não quer mais está apaixonada são enviadas e ela, então, tem que lidar com as consequências. E é então que Peter Kavinsky aparece.

Apesar do namoro entre Lara Jeans e Peter ser uma mentida, é impossível não gostar de Kavinsky. Ele é tão querido e doce, que a gente torce para que eles fiquem juntos.

O livro tem tudo o que um romance Young Adult precisa para ser perfeito. Tem comédia, drama e relacionamentos melosos.

Este mundo criado por Jenny Han é fofíssimo e cheio de amor. A gente acaba se importando com cada um dos personagens e torce por todos eles. 

You May Also Like

0 comentários